Edição 2018

Edição 2018 – 24º Prêmio Líderes & Vencedores
Data: 08 de novembro
Local: Teatro Dante Barone da Assembleia Legislativa do Estado

Busca premiar os políticos, seja qual for a esfera de governo, que ofereçam ao povo gaúcho um exemplo de ética, integridade pública e competência no sentido de elaborar, apoiar e/ou aprovar pojetos e medidas que impactem de forma efetiva na sociedade.

Categoria Mérito Político

Deputado Estadual, Frederico Antunes – Uruguaiana
Presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Implantação de Free Shops em Cidades Gêmeas de Fronteira, Frederico Antunes foi reeleito em 2018 como deputado estadual pelo Partido Progressista (PP). Preocupado com o desenvolvimento do Rio Grande do Sul, o político já foi Secretário Estadual de Obras Públicas e Saneamento, promovendo a manutenção, ampliação e construção de importantes obras públicas do Estado. Além disso, se dedicou à defesa das pequenas e microempresas, principalmente dos municípios fronteiriços. Entre suas causas estão ainda setor primário, comércio exterior e transporte internacional.
Ex-Governador e Ex-Senador, Pedro Simon – Caxias do Sul
Quatro vezes eleito Senador do Rio Grande do Sul, Pedro Simon tem uma sólida carreira pelo MDB. Foi governador do Estado em 1987, Ministro da Agricultura e Deputado Estadual, defendendo posicionamentos próprios, algumas vezes até contrários aos do seu partido. Simon luta pelo fim da corrupção. Como membro titular da comissão mista especial destinada a estudar as causas estruturais e conjunturais das desigualdades sociais, foi relator da lei que dispõe sobre o enriquecimento ilícito.
Ex-Governadora e Deputada Federal, Yeda Crusius – Porto Alegre
Ao final do seu mandato como Deputada Federal, a ex-governadora do Rio Grande do Sul foi fundadora e presidente nacional do PSDB Mulher. Em parceria com o instituto alemão Konrad Adenauer, atua na formação política de potenciais candidatas e fomenta a participação feminina usando 30% do fundo eleitoral e do horário gratuito para as candidaturas femininas. Ela é economista, professora universitária, política e comunicadora, filiada ao PSDB, com passagem ainda como ministra


Sucesso Empresarial

Objetiva reconhecer as empresas que constroem um percurso com sustentabilidade, responsabilidade social e inovação que leve ao êxito de seu negócio ou lideranças empresariais eticamente reconhecidas e que sirvam de exemplos para uma sociedade melhor.

Triider – Micro e Pequena Empresa – Porto Alegre

Focada na contratação de profissionais qualificados, a Triider é uma startup gaúcha, que atua em Porto Alegre e Canoas, conectando os melhores serviços do mercado com as necessidades dos consumidores. Até o fim do mês de janeiro de 2019, serão mais de 30 categorias, podendo encontrar profissionais para a pintura da parede da sala até para o DJ para um casamento. Hoje, a Triider já conta com mais de 16 mil usuários e 120 profissionais cadastrados. A startup também recebeu recentemente um investimento com foco na sua expansão em 2018.
Zenvia – Média e Grande Empresa – Porto Alegre
Com 14 anos de estrada, a Zenvia tem sede em Porto Alegre e é líder em faturamento em seu segmento: mensagens de chatbots. Com unidade em São Paulo, a empresa desenvolve o que chama de “plataforma conversacional” com tecnologia própria, em que “ensina” uma máquina a interagir com humanos, dando respostas coerentes. Atualmente, presta serviços a gigantes como Bradesco e Amazon e acaba de vender uma de suas divisões para a americana Syntonic. Com cerca de 200 funcionários, fatura em torno de R$ 300 milhões.
Luiz Leonardo Fração (Instituto Cultural Floresta) – Líder Empreendedor – Porto Alegre
Luiz Leonardo Fração é um jovem empresário, que teve participação decisiva para a criação da Lei de Incentivo à Segurança.  Embora desvinculado de partidos, construiu uma articulação entre seus pares (empresários), unindo-os a líderes políticos de todas as correntes de pensamento e a expoentes do universo da segurança pública do Rio Grande do Sul, para minimizar uma das principais angústias populares. Liderando o movimento, Fração acreditou na força transformadora de uma ideia capaz de contribuir para a melhoria da sociedade, usando seu papel de protagonista para fazer a diferença.


Destaque Comunitário

Pretende destacar lideranças e/ou projetos sociais que contribuem decisivamente para a melhoria da qualidade de vida da população gaúcha.

Casa Marta e Maria – Porto Alegre
A Casa Marta e Maria é uma instituição sem fins lucrativos que, há 23 anos, trabalha na recuperação de meninas de 12 a mulheres de 30 anos dependentes de substâncias químicas. Neste período, já foram atendidas mais de 3.500 usuárias, que passaram por processos de desintoxicação, acompanhamento médico e psicológico, aulas de culinária, artesanato e atividades físicas, além de participarem de missas e oficinas de filosofia. A Casa Marta e Maria é um dos poucos espaços no Estado dedicado ao tema e sobrevive de doações e da produção de doces, salgados, pães e bolos feitos na padaria.
Educandário São João Batista – Porto Alegre
Criado em 1939 pela Dra. Déa Coufal, o Educandário São João Batista é uma instituição filantrópica que atende, gratuitamente, crianças e adolescentes com deficiências físicas múltiplas. Além de oferecer um setor de área clínica, com tratamentos como fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia, pediatria e serviço social, o Educandário ainda disponibiliza uma Escola de Educação Especial e Ensino Fundamental Incompleto, voltada ao desenvolvimento dos jovens em atividades escolares. Atualmente, a instituição atende, em média, 177 crianças/mês, tendo realizado 13.037 atendimentos em 2017.
Lapidando Cidadãos – Luis Augusto G. Costa – Vacaria
Com o intuito de difundir o tênis em todas as classes sociais, especialmente para crianças em situação de vulnerabilidade, o projeto foi idealizado pelo Promotor de Justiça Luís Augusto Gonçalves Costa e se tornou realidade através da Associação dos Meninos e Meninas Assistidos-AMMA. A proposta do programa é transmitir valores aos pequenos cidadãos e incentivar o engajamento, a integração e o desenvolvimento de toda a sociedade, de forma lúdica através do esporte. O foco do projeto é a transformação social e o progresso da comunidade em conjunto.

Expressão Cultural

Presta seu reconhecimento a pessoas e/ou projetos culturais que contribuem de forma significativa para o enriquecimento cultural da comunidade gaúcha.
Ballet Vera Bublitz – Porto Alegre

Criado por Vera Bublitz em 1964, na cidade de Cruz Alta, o Ballet Vera Bublitz atua hoje na Capital, na formação de uma geração de bailarinos e dançarinos que levam a dança para todos os estados brasileiros e também para o exterior. A escola de formação é referência nacional na área de dança clássica, recebendo a todos que desejam estudar ou praticar a arte da dança, a partir de todo seu potencial criador e reflexivo. Além de grandes produções, o Ballet trabalha com intercâmbio entre bailarinos, musicais e programação anual para todas as idades.
Festival Internacional do Folclore – FIF – Nova Petrópolis
Criado por um grupo de amigos, há 45 anos, o Festival Internacional do Folclore reúne, em 17 dias de evento, mais de 70 grupos, 1.500 dançarinos, músicos, artesãos e artistas para valorizar as tradições herdadas pelos antepassados. Em uma mescla de distintas manifestações culturais, o evento acontece em Nova Petrópolis unindo a cultura gaúcha e as tradições germânicas que, preservadas nesta cidade, dão espaço a outras realidades culturais. Serve, assim, como um intercâmbio artístico-cultural, reunindo os grupos folclóricos de cidades gaúchas, de diferentes estados e de países de todos os continentes.
Fundação Bienal do Mercosul – Porto Alegre
Com mais de duas décadas de existência, a Fundação Bienal do Mercosul realizou 74 diferentes exposições, que contaram com a participação de quase 1800 artistas, onde expuseram cerca de 5 mil obras, como intervenções urbanas de caráter efêmero e obras monumentais deixadas para a cidade. A Bienal do Mercosul produziu quase 300 mil exemplares de material didático para alunos, professores e instituições de ensino, além de ter gerado em torno de 13 mil empregos diretos e indiretos. Durante todo esse período mais de 6 milhões de pessoas tiveram acesso à arte, seminários, oficinas e cursos de forma totalmente gratuita.


Referência Educacional

Objetiva homenagear lideranças e/ou projetos educacionais que impactam de forma expressiva no conhecimento e humanização do povo gaúcho.
Jorge Luís Nicolas Audy – Porto Alegre

Jorge Audy é Superintendente de Inovação e Desenvolvimento da PUCRS e representante da Universidade na Aliança para Inovação de Porto Alegre. Há 15 anos foi um dos idealizadores do Parque Científico e Tecnológico da PUCRS (Tecnopuc), que atualmente abriga mais de 150 organizações, entre gigantes globais como Microsoft e Apple. É membro da Ordem Nacional do Mérito Científico, na classe comendador, como Personalidade Nacional da área de ciência e tecnologia e coordena a Comissão Nacional de Acompanhamento do Plano Nacional de Pós-Graduação 2011-2020, na CAPES/MEC.
Projeto Afroativos EMEF Saint Hilaire – Porto Alegre
É uma iniciativa que visa a conscientização, empoderamento e ressignificação da cultura afro. Cerca de 125 alunos entre 1º e 9º ano protagonizam a luta pela implementação de uma cultura antirracista no cotidiano. O projeto compõe o Currículo Complementar da EMEF Saint Hilaire, em Porto Alegre. A iniciativa permite aos alunos abordarem questões como racismo, empoderamento e padrões sociais e mantém-se através de recursos próprios representando um ato de resistência e esforços coletivos, o que é motivo de orgulho para toda a comunidade escolar. São alunos de uma escola pública, na periferia da cidade, que inspiram, ajudam, libertam e encantam pessoas de todas as idades.

Projeto Escola Aberta do CFJL – Horizontina
Começou como uma feira de ciências da escola e evoluiu para um grande projeto da comunidade. Assim surgiu o Escola Aberta, desenvolvido há mais de 10 anos pelo Centro Tecnológico Frederico Jorge Logemann que incentiva os alunos ao aprendizado de pesquisa científica voltada às melhorias do ambiente em que vivem, com ênfase na tecnologia, inovação e investigação. Durante a pesquisa, os alunos são instigados a buscar melhorias para o bem-estar do ser humano, animais e meio ambiente, tendo como base uma educação científica mais segura e que vise a resolução de problemas reais.